Niauli

Melaleuca viridiflora
 


Nome Botânico:
Melaleuca viridiflora, Melaleuca quinquinervia.

Família Botânica:
Myrtaceae.
(Tea tree, Eucalipto, Cajepute).

Nome em inglês:
Niaouli.

Outros Nomes:
Gomenol

Tipo de Planta:
Árvore de grande e médio porte, com flores amarelas, brancas, rosa ou vermelhas.

Óleo Extraído:
Casca e galhos.

Aparência do óleo:
Transparente/fluído.

Aroma:
Refrescante, herbal e adocicado.

Origem:
Austrália.

Principais Constituintes:
Ácido valérico, terpineol, cineol, limoneno e pineno.
 
Propriedades:
Analgésico, anti-reumático, anti-séptico, balsâmico, bactericida, cicatrizante, descongestionante, febrífugo, inseticida, estimulante e vermífugo.

Principal Utilização:

Sistema Respiratório:
Trata a sinusite, bronquite, asma, resfriado, gripe, tosse, catarro, dor e infecção de garganta, congestão nasal e peitoral, laringite, faringite, ameniza de um modo geral as doenças pulmonares crônicas. Bom para ser usado na banheira ou em inalações para limpar e desinfetar as vias respiratórias.

Sistema Imunológico:
Ótimo para combater doenças infecciosas. Ativa os leucócitos para formar uma defesa contra organismos invasores e ajuda a reduzir a duração das doenças. Sendo assim, torna uma alternativa formidável para pacientes com baixa resistência e/ou doenças que fragilizam sua imunologia e permitem o aparecimento de doenças inoportunas, inclusive em pacientes com AIDS.
 
Outras Utilizações:

Tratamento Cutâneo:
Trata erupções cutâneas, acne, furúnculos, úlceras, queimaduras e cortes. É útil para limpar feridas infeccionadas.
 
Trata problemas bucais como aftas, ferimentos, laringite.

Bom contra problemas urinários e intestinais, como enterite, desenteria, parasitas, e infecções.

Tem ação analgésica em casos de reumatismo, artrite e nevralgias.

Psicologicamente:
Tem efeito estimulante e restaurador geral, clareia o raciocínio e pode favorecer a concentração.
 
Combinações:
Manjerona, Lavanda, Junípero, Limão , Lemongrass , Tomilho, Cedro, Sândalo, Laranja, Hortelã, Tea tree, Pinho, Alecrim, Cravo, Cipreste, Citronela, Benjoim, Olíbano, Mirra.

Curiosidades:
O efeito evidente sobre as bactérias pode ser o responsável pela longa história de serviço útil do niauli, além de ser eficaz no tratamento de diversos tipos de enfermidade. Os franceses descobriram uma aplicação para o niauli no setor de obstetrícia dos hospitais como um poderoso anti-séptico.
É usado às vezes como substituto do óleo de cajepute para tratar a tosse, o reumatismo e a nevralgia. É um ingrediente comum de vários produtos farmacêuticos, como cremes dentais e pulverizadores bucais. Assemelha-se ao cajepute e tea tree, até por ser da mesma família, mesmo não tendo tantas funções como o tea tree.

Cuidados:
Usar diluído.
 







O niaouli, assim como o tea-tree
e eucalipto, possui uma forte ação
antiséptica e antiviral, sendo
um aliado poderoso para o sistema
respiratório e para tratar
os problemas relacionados a ele.
 

















NIAULI
(Melaleuca viridiflora)

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 


Nenhum comentário:

Postar um comentário