Artemísia

Artemisia vulgaris 
 
 
 
Nome Botânico:
Artemisia vulgaris.
 
Família Botânica:
Asteraceae.
 
Outros Nomes:
Erva de são joão, losna, absinto.
 
Nome em Inglês:
Mugwort.
 
Nome em Espanhol:
Artemisa.
 
Tipo de Planta:
Erva que cresce em arbusto.
 
Óleo Extraído de:
Toda a planta.
 
Aparência do óleo:
Transparente/fluído.

Aroma:
Herbal.
 
Origem:
Europa, Ásia e África.
 
Propriedades:
Analgésico, antiespasmódico, anticonvulsivo, tônico, calmante, digestivo, diurético, uterino, estimulante, emenagogo e vermífugo.
 
Principais Constituintes:
Cineol, alpha tujona, beta tujona, canfeno , cameraphono.
 
Principal Utilização: 
 
Sistema Digestivo:
O óleo essencial de artemísia é muito eficiente na cura de distúrbios digestivos resultantes de fluxo anormal de sucos digestivos ou devido a infecções microbianas. O óleo regula e estimula o fluxo de sucos digestivos para facilitar a digestão, bem como inibe a infecção microbiana no estômago e nos intestinos para curar distúrbios digestivos. 
 
Outras Utilizações:
 
Estimulante sistêmico:
O efeito estimulante pode ser visto em todos os órgãos e sistemas de funcionamento no corpo. O óleo essencial de artemísia estimula quase todas as funções no organismo, como circulação, secreção de hormonas e enzimas das glândulas endócrinas, secreção da bílis e outros sucos gástricos no estômago, estimula as respostas nervosas, os neurónios no cérebro, respiração, movimentos peristálticos do intestino e também estimula descargas menstruais e a produção e secreção de leite nas mamas, devido a seus efeitos estimulantes de certas hormonas.
 
Sistema Hornomal e Reprodutor:
As menstruações irreglares ou ausentes podem ser regularizadas com a ajuda deste óleo essencial. Além disso, os outros problemas associados com os períodos, tais como fadiga, dores de cabeça, dores abdominais, náuseas, etc. Mantém adequadas, as descargas uterinas e estimula a produção de certas hormonas que mantêm o útero a funcionar correctamente e seguro dos efeitos do envelhecimento. Ele também protege contra úlceras do útero e tumores.  
 
Psicologicamente:
Este óleo funciona como um tónico para os nervos. É eficaz no tratamento de problemas nervosos e distúrbios e no fortalecimento dos nervos. Este óleo, sendo um relaxante e estimulante ao mesmo tempo, acalma os nervos e relaxa-os em casos de choque, hiper-reatividade etc. 
 
Curiosidades:
A artemísia tem sido famosa e infame. Enquanto que na China, as suas propriedades medicinais eram usadas para tratar várias doenças, nos países europeus como a Inglaterra e outros, ela era usada na bruxaria e magia negra.
 
Cuidados:
Usa-lo diluído.
Este óleo é tóxico, irritante, neuro-tóxico e abortivo. Isso significa que, em palavras gerais, que é venenoso, causa irritações, tem efeitos tóxicos e entorpecentes no cérebro e no sistema nervoso e pode causar abortos. Ele nunca deve ser usado durante a gravidez.
 
Combinações:
Alecrim, sálvia, eucalipto, hortelã,  gengibre, canela, erva-baleeira, manjericão.










A artemísia é usada na Moxaterapia, uma prática terapêutica que faz parte da Medicina Chinesa.
A erva seca é queimada e o calor usado para estimular os pontos de acupuntura ou partes dolorias do corpo. Suas ações analgésicas são extremamente ampliadas através do calor direcionado ao ponto de dor pelo bastão de moxa.


















ARTEMÍSIA
Artemisia vulgaris 














Nenhum comentário:

Postar um comentário