A Lavanda





A lavanda é uma das mais importantes plantas usadas na aromaterapia, isso se deve ao seu enorme poder de cura de seu óleo essencial. É considerado o óleo "coringa" na aromaterapia devido a sua versatilidade e inúmeros benefícios para tratar os mais variados problemas ligados à saúde.

Acredita-se que já no ano de 500 a.c. os gregos ja usavam os benefícios dela para a saúde.

No Egito Antigo acredita-se que as mumificações faziam uso dó óleo de lavanda e outros para a conservaçao, Ela tornou-se popular na Idade Média e no sec. XVII acabou sendo amplamente cultivada na França, em Provence.

Em 1928 foi publicado o Livro “Aromathérapie” pelo químico francês Rene M Gattefossé, considerado o descobridor da Aromaterapia Moderna.

Para Gattefossé a lavanda teve uma grande importância em seus experimentos com a aromaterapia. Certa vez trabalhando em seu laboratório, o químico se queimou com água fervente, e instintivamente mergulhou a mão em um vidro cheio de óleo de lavanda que estava em sua mesa,  afim de aliviar a dor. Ele percebeu depois, que o ferimento sarou muito mais rápido que o normal e sem deixar nenhuma cicatriz. Descobriu assim que os óleos essenciais das plantas também podiam conter poderes medicinais.

Isso fez com que Gattefossé dedicasse o resto de sua vida ao estudo e a exploração ciêntifica dos Óleos Essenciais, criando assim a Aromaterapia.
 
 
 
 

 
 

 
Plantações de lavanda em Provence na França, que é um dos países
mais tradicionais na produção desse óleo essencial. 
 
 
 
 
 
Principais indicações para uso do óleo essencial de lavanda (alfazema):
 
 
  • Espasmos
  • Irritabilidade
  • Insônia
  • Doenças infecciosas
  • Doenças respiratórias (asma, tosse, resfriado, bronquite)
  • Melancolia
  • Ansiedade
  • Neurastenia
  • Dores Nevralgicas
  • Desmaios
  • Tensão
  • Mialgia (dor muscular)
  • Dores menstruais e cãimbras
  • Falta de diurese
  • Hipertensão
  • Leucorréia
  • Cefaléias
  • Enxaqueca
  • Vertigem
  • Cistite
  • Alopécia (queda de cabelo intensa)
  • Halitose (mal hálito)
  • Dor de ouvido
  • Eczemas
  • Acne
  • Depressão
  • Herpes
  • Picada de insetos
  • Pele ressecada/rachada
  • Candida/ inf. vaginal
  • Catapora
  • Cistite
  • Cólicas
  • Cojuntivite
  • Convulsões
  • Febre
  • Estomatite
  • Baixa Imunidade
  • Micose e Frieira
  • Sangramento Nasal
  • Limpeza do ar
  • Dor de dente
  • Ferimentos, cortes, arranhões...





Os tratamentos terapêuticos com o óleo essencial de Lavanda, assim como com os demais se dão das seguintes formas:




  • Aplicação puro ou diluído, na pele
  • Lâmpada Aromátca
  • Evaporação pelo Difusor
  • Compressa
  • Ducha
  • Enxague
  • Massagem
  • Travesseiro Aromático
  • Inalação
  • Gargarejos e Bochechos
  • Perfume
  • Banho de Assento e Imersão
  • Loções, Pomadas ou Cremes

 





















 

Nenhum comentário:

Postar um comentário