Tomilho

Thymus vulgaris


 
Nome Botânico:
Thymus vulgaris.

Família Botânica:
Lamiaceae.
(Orégano, Sálvia, Lavanda, Hortelã, Manjerona, Manjericão, Alecrim).

Nome em inglês:
Thyme.

Tipo de Planta:
Arbusto perene de folhagem miúda e flores delicadas.

Óleo Extraído:
Folhas e flores.

Aparência do óleo:
Transparente/fluído.
 
Aroma:
Herbal, quente, amadeirado e condimentado.

Origem:
Região mediterrânea, Egito, Israel, Marrocos.

Principais Constituintes:
Terpenóide Fenol, Timol, Isomer Carvacrol, Cimol, Linalol, Canfeno, Borneol, Pineno, Geraniol.

Propriedades:
Antibiótico, analgésico, balsâmico, antiinfeccioso, antivírus, tônico, rubefasciente, diurético, emenagogo, vermífugo, antiveneno, antiputrescente, antiespasmódico, antifungo, imuno-estimulante, energizante, inspirador, refrescante, bactericida, antiparasitas.

Principal Utilização:

Sistema Respiratório:
Trata enfisema, bronquite, gripe, resfriados, tosse, catarro, asma.

Sistema Circulatório e Muscular:
Aumenta o metabolismo, promove a purificação e depuração do sangue, eleva a pressão arterial, estimula a circulação. O tomilho aquece a musculatura aliviando as dores, reumatismo, artrite, gota, lumbagos e tirando a sensação de cansaço e fadiga do corpo.
 
Sistema Imunológico:
Estimula os leucócitos, a supra-renal e o sistema imunológico em geral. Sendo útil em casos de baixa imunidade ou convalescência.

Outras Utilizações:

Tratamento Cutâneo:
Desinfetante, antisséptico, antinfeccioso e bactericida. Trata sarna, queda de cabelo, caspa, calos, seborréia, piolho, acne, verruga, picada de inseto, micose, pé-de-atleta, unha encravada, sudorese, celulite.

Tratamento bucal:
É eficaz contra bactérias que causam a maioria de problemas de boca e gengivas.
O componente timol, que é o mais presente em concentração no tomilho, faz dele um dos mais poderosos óleos anti-sépticos de todos. Trata mau hálito, gengivite, dor de dente, amigdalite.
 
Repelente para insetos.

Psicologicamente:
Tensão nervosa, depressão, fadiga, ansiedade, dor de cabeça, letargia, falta de libído. O tomilho é considerado a erva da coragem, seu efeito no emocional trabalha o desapego, a autoconfiança, a coragem, a superação de medos e limitações, etc.

Combinações:
Bergamota, Limão, Manjerona, Pinho, Lavanda, Alecrim, Lavadim, Gengibre, Laranja, Eucalipto

Curiosidades:
O tomilho tem uma grande história de uso por todas as civilizações antigas. Nos templos era usado como incenso, por causa do seu aroma forte e revigorante. Os antigos egípcios usavam para embalsamar. Os gregos e romanos para fins medicinais. O nome deriva da palavra grega "thymer" que significa Coragem.
O óleo de tomilho que possue uma concentração maior de carvacrol é mais forte, considerado mais tóxico, podendo causar irritação na pele e aumentar a pressão arterial, porém é mais potente em sua ação anti-séptica. O óleo com concentração maior de linalol (também presente no manjericão) é mais suave e seguro para utilização e é conhecido como tomilho-doce ou tomilho-branco, e é o tipo geralmente usado na Aromaterapia.

Cuidados:
Usar dluído e evitar na Gravidez. Não usar em caso de Pressão Alta.




 






 
O tomilho é mais uma das ervas que fazem parte da história da humanidade. Vários povos antigos o usavam com vários propósitos. Os egípcios para embalsamar, os gregos para perfumar os banhos.
Na Idade Média, nas Cruzadas, as esposas bordavam nas roupas dos cavaleiros as flores do tomilho e costuravam até ramos nas vestes. Isso porque a erva é considerada simbolo de coragem.
Na mesma época também se usava a planta para afugentar os animais venenosos.
 










Hildergada Von Bingen (1098 - 1179)

Santa Hildergada, a freira herborista
do século XI, ministrava o tomilho
para combater os parasitas, a lepra e
os piolhos.
Também na época do Renascimento
se curava um pouco de tudo com a
 erva:  tratava a asma, para desinfetar
dentes e gengivas, etc.












 


 

TOMILHO
(Thymus vulgaris) 





















 











Nenhum comentário:

Postar um comentário