Pau Rosa

Aniba rosaeodora


 
Nome Botânico:
Aniba rosaeodora.
 
Familia Botânica:
Lauraceae.
(Cânfora, Louro, Canela, Litsea Cubeba).
 
Nome em inglês:
Rosewood.
 
Tipo de Planta:
Árvore de grande porte, que pode atingir até 30 metros de altura.
 
Óleo Extraído de:
Madeira.
 
Aparência do óleo:
Transparente/fluído.
 
Aroma:
Amadeirado, floral e perfumado.
Tem um aroma suave que lembra a Lavanda.
 
Origem:
Floresta Amazônica (Brasil e Peru).
 
Principais constituintes:
Linalol, canfeno, geraniol, nerol, limoneno, mirceno,  e terpineol.
 
Propriedades:
Antiespasmódico, antidepressivo, estimulante , tônico, calmante, antiinflamatório, bactericida, imunoestimulante, analgésico, regenerador celular, sedativo, afrodisíaco, tônico, desodorante e inseticida.
 
Principal Utilização:

Tratamento Cutâneo:
Trata acne, pele seca e madura, sensibilidade, inflamação, rugas, cicatrizes, ferimentos, cortes, envelhecimento, queimaduras, eczemas e dermatites.
Tem ação hidratante e rejuvenecedora para a pele.
 
Outras Utilizações:
Analgésico local para dores e cansaço muscular.
 
Estimulante do sistema imunológico.
 
Trata impotência sexual e frigidez.
 
Trata problemas ginecológicos como a candidíase e infecções.
 
Psicologicamente:
Calmante, afrodisíaco, anti-stress e relaxante.
Trata insônia, ansiedade, estados nervosos, jet lag (fuso horário), acessos de pânico, desgaste do sistema nervoso e depressão.
Estabiliza o sistema nervoso central..
 
Combinações:
Cedro, Olíbano, Sândalo, Rosa, Vetiver, Ylang Ylang, Patchouli, Limão, Gerãnio e Lavanda.
 
Curiosidades:
O Pau-rosa sempre foi muito apreciado pela sua madeira aromática, em especial para o mobiliário inglês do século XIX. Os índios da Amazônia o usavam para ferimentos e problemas de pele.
Foi, e continua sendo, largamente utilizado pela indústria da perfumaria internacional. É o caso do famoso CHANEL No.5, e do igualmente conhecido Ungaro Pour Homme, perfumes que contêm óleo essencial de Pau-rosa. Hoje a madeira é usada em pauzinhos chineses e principalmente para móveis, pisos e instrumentos musicais, como violões. O óleo é usado em sabonetes, produtos de higiene, de beleza e como item aromático para alimentos e bebidas. Os chineses faziam camas e móveis de pau-rosa, com poder relaxante e de cura.
Atualmente a extração do óleo essencial da madeira é controlada, já que no passado a árvore sofreu extensiva exploração não sustentável, podendo causar sua extinção. O óleo essencial natural da madeira do pau-rosa é cada vez mais raro e caro e em contra partida, outras opções de substitutos veem sendo usadas para suprir o mercado interessado nesse artigo aromático.
Se utiliza o óleo extraído das folhas, o que não ocasionaria o desmatamento, assim como o uso do seu componente químico, o linalol, na forma sintética. Ou ainda outros óleos essenciais quimicamente similares, como o de Ho Wood.
 
Cuidados:
Usar diluído, evitar na gravidez.


 









O óleo essencial de pau-rosa
possui em sua composição
mais de 80% de linalol, mesmo
componente químico presente
em alta concentração no óleo
de lavanda. Por esse motivo,
ambos possuem um suave
aroma floral e as mesmas
qualidades terapêuticas, sendo
ótimos para manter a saúde
e beleza da pele.

 
 

 
 
 



A árvore nativa da Amazônia
é famosa no mundo todo
pelo seu aroma que está
presente em vários
perfumes internacionais.
Na França, onde o pau-rosa é
chamado de "bois de rose", o óleo
essencial é um requintado item da
indústria da perfumaria e da cosmética.







 



 


Árvore Ho

A árvore ho (Cinnamomum camphora linalooliferum)  produz um óleo essencial considerado similar ao pau-rosa, tanto quimicamente, quanto aromaticamente. O óleo pode ser extraído da madeira (ho wood) ou das folhas (ho leaf).
Isso faz com que o óleo do Ho, seja um substituto válido, já que hoje em dia, é rara a comercialização do óleo essencial de pau-rosa, uma vez que a espécie tem a ameaça de extinção, devido ao amplo desmatamento não sustentável que vem sofrendo. Hoje em dia só algumas empresas nacionais e internacionais tem autorização governamental para plantar e extrair o óleo essencial do pau-rosa de forma sustentável.


 
 
 

 

 



 


PAU ROSA
(Aniba rosaeodora) 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 



Nenhum comentário:

Postar um comentário